HOME Atualidade
Oficinas põem os mais novos a aprender sobre tecidos e roupa

SESSÕES EM TORNO DA EXPOSIÇÃO “POLOPIQUÉ. 26 ANOS DE CRIATIVIDADE E AGILIDADE TÊXTIL” DESTINAM-SE A CRIANÇAS DOS 6 AOS 11 ANOS

Duas oficinas gratuitas, nos dias 26 e 28 de janeiro, convidam as crianças do 1.º e do 2.º ciclo a saber mais sobre os tecidos e as roupas. Integradas na exposição sobre a Polopiqué, do ciclo Têxteis do Presente, decorrem na Fábrica de Santo Thyrso e na sede da empresa, em Vilarinho.

Que histórias nos contam os tecidos? É este o mote da primeira de duas oficinas em torno da exposição “Polopiqué. 26 anos de criatividade e agilidade têxtil”, do ciclo Têxteis do Presente do Centro Interpretativo da Fábrica de Santo Thyrso. Em “Tecidos. Que histórias nos contam?”, o convite é para falar sobre os diferentes tipos de tecidos que utilizamos no nosso quotidiano.

Afinal, cada tecido conta-nos uma história feita de fibras, a forma de tecelagem / tricotagem e os acabamentos a que é sujeito. Este é o ponto de partida para a peça confecionada, seja para vestuário, têxtil lar ou têxteis decorativos. Assim, esta oficina dá a conhecer os principais tipos de tecidos e o que nos dizem as suas etiquetas, numa sessão onde se procura conhecer as histórias que nos contam o vestir.

A oficina, gratuita mas de inscrição obrigatória, vai acontecer na Polopiqué, às 15h00 de quinta-feira, 26 de janeiro, e tem conceção e dinamização de Armando Barros, Cátia Faria e Vítor Almeida.

Já no sábado, 28 de janeiro, o Centro Interpretativo da Fábrica de Santo Thyrso acolhe “A Alma da Roupa. As fibras têxteis e a sustentabilidade”, às 10h30. Aqui, o objetivo será falar sobre as fibras têxteis: o que são, com que tipo de materiais se faz o fio e tecido que usamos no quotidiano.

Nesta oficina distinguir-se-ão os diferentes tipos de fibra, a sua importância e qualidade para a confeção de roupa e outros tecidos, assim como o impacto que causam no ambiente. O que são fibras orgânicas, o que é a reciclagem têxtil e como todos podemos cuidar de um mundo têxtil mais sustentável?

As respostas estão à espera de crianças dos 6 aos 11 anos, numa oficina concebida e realizada por Marta Brito e Marisa Queirós, sendo também de participação gratuita, mas inscrição obrigatória.

As inscrições para as duas oficinas gratuitas podem ser feitas através do email museus@cm-stirso.pt ou pelo telefone 252 809 120.

Ao longo dos últimos anos, o JORNAL O CORDOVENSE, tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O JORNAL O CORDOVENSE é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há dez anos.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o JORNAL O CORDOVENSE. MBWAY – 919954029 NIB – 0010 0000 4687 7240 0016 5

Comentários