HOME SOCIEDADE
Grupo Queer vai realizar a primeira Marcha LGBTQIAP+ em Santo Tirso
Imagem Dr

O Movimento LGBTI, Grupo de Apoio a Pessoas Queer (GAPQ), anunciou que este ano, irá realizar a primeira Marcha LGBTQIAP+ em Santo Tirso.

A realização desta Marcha do Orgulho, no concelho tirsense, é uma medida, que já há muito vem sido reivindicada por Diogo Barros, Porta-Voz e Fundador do GAPQ, inclusive, faz referência à mesma, no seu programa para as Eleição aos Órgão Sociais do GAPQ. Eleição, a qual, Diogo Barros se recandidata à liderança do movimento, pela “Lista A – Unir Frentes, Derrotar Ódios!”.

No entanto, o dirigente não quis esperar pelas eleições internas, que acontecerão, dia 14 de Janeiro. Na passada sexta-feira, dia 30 de Dezembro, em representação da Direção, o ativista propôs em reunião geral do movimento a proposta que viabilizava a realização da primeira marcha LGBTQIAP+ em Santo Tirso, este ano. A proposta foi aprovada por unanimidade.

Questionado sobre o porquê de apresentar esta proposta antes das eleições, sendo esta, uma das suas propostas, Diogo Barros, respondeu que: “Trata-se de um processo de agilização, após as eleições, queremos trabalhar imediatamente sobre a preparação desta e das restantes Marchas. Se esperássemos pelas eleições, teríamos que apresentar esta medida apenas em fevereiro, na próxima reunião geral. Esta Marcha tem sido muito reivindicada pelos tirsenses, o nosso movimento tem vindo a receber muitos pedidos pela realização da mesma, é por essa razão, uma marcha imprescindível e merece todos os nossos esforços e dedicação.”

Santo Tirso, junta-se então, à lista de municípios que irão receber uma Marcha LGBTQIAP+, em 2023. Relembramos que, em 2022, o GAPQ já havia realizado Marchas LGBTQIAP+ em Guimarães, Famalicao, Esposende e Vizela. Este ano, o movimento realizará novamente as Marchas nesses mesmos concelhos.

Comentários