HOME SOCIEDADE
Pulseira eletrónica por violência doméstica em Santo Tirso

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, ontem, dia 20 de abril, deteve um homem de 46 anos por violência doméstica, no concelho de Santo Tirso.


No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, habitual consumidor de bebidas alcoólicas, terá injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua esposa de 47 anos, com quem está casado há 22. Num dos episódios de violência, o suspeito terá ameaçado que iria incendiar o carro da vítima, passando ainda a persegui-la de forma constante.
O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório ontem, dia 20 de abril, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência da vítima, proibição de contactar a vítima por qualquer meio ou forma, proibição de se aproximar dos locais habitualmente frequentados pela vítima, num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.
A ação contou com o reforço do Posto Territorial de Santo Tirso.

Comentários