HOME Desporto
Paços vence Oliveirense de forma tranquila e garante continuidade na Taça
Créditos de imagem FC PF

A forma competitiva e concentrada como o FC Paços de Ferreira encarou o jogo de estreia na Taça de Portugal 2020/21 valeu-lhe a passagem à eliminatória seguinte da prova.


Os Castores não facilitaram em Oliveira de Azeméis e saíram do Estádio Carlos Osório com uma vitória tranquila, por 4-0. Desde o início que a equipa dominou o encontro, dando a ideia de querer resolver rapidamente a questão, embora só perto da meia-hora tenha chegado ao golo. Foi Luiz Carlos quem, na área oliveirense, assistiu Marcelo ao segundo poste para o capitão fuzilar a baliza de Coelho.


A segunda parte parecia indiciar uma reação da equipa da casa à desvantagem, mas foi sol de pouca dura pois o Paços cedo ampliou para 2-0 e praticamente sentenciou a eliminatória. O segundo golo pacense surgiu após uma assistência de Bruno Costa para uma conclusão em estilo de João Pedro, que assim se estreou a marcar esta temporada.


As alterações produzidas por Pepa na equipa acentuaram ainda mais a supremacia pacense e foi então a vez do goleador Douglas Tanque entrar em ação. Aos 66’, o avançado brasileiro arrancou um pontapé forte e colocado ainda longe do golo, anichando a bola no ângulo da baliza. Um grande golo e que vale a pena ver e rever. Adivinhava-se o 4-0, que poderia ter surgido dos pés de Hélder Ferreira, mas no espaço de dois minutos acertou no poste e na trave da baliza de Coelho. Não conseguiu marcar, mas teve tempo para assistir Douglas Tanque, ao roubar a bola a um defensor local e oferecer o segundo golo ao brasileiro.


Foi uma vitória tranquila do Paços, fruto da mentalidade vencedora que a equipa está a colocar em campo, independentemente do adversário que tem pela frente. Os Castores aguardam agora pelo adversário a sair do sorteio da 4ª eliminatória da Taça. Para já, as atenções voltam-se para o regresso do campeonato, que acontecerá pelas 19h00 da próxima sexta-feira, frente ao FC Famalicão na Mata Real.

Estádio Carlos Osório (Oliveira de Azeméis)

Árbitro: Fábio Veríssimo, auxiliado por Bruno Rodrigues e Tiago Leandro
Disciplina: Cartão amarelo: Dionathã (34’); Uilton (41’) e Marcelo (50’).

UD OLIVEIRENSE: Coelho; Leandro (Israel, 75’), Raniel, Steven e Ricardo Tavares (Leo, 75’); Oljveira (Filipe Gonçalves, 60’), Ono e Luiz Henrique; Dionathã, Michel (Miguel Lima, 60’) e Jorge Teixeira.
Não utilizados: Arthur; Bortoluzo e Thalis
Treinador: Raul Oliveira

FC PAÇOS DE FERREIRA: Michael Fracaro; Fernando Fonseca, Marcelo, Maracás (Marco Baixinho, 78’) e Uilton; Eustaquio (Diaby, 85’) , Luiz Carlos (Abbas Ibrahim, 78’) e Bruno Costa; Hélder Ferreira, João Pedro (Douglas Tanque, 63’) e Adriano Castanheira (João Amaral, 63’).
Não utilizados: Jordi e Dor Jan
Treinador: Pepa

Ao intervalo: 0-1

Resultado Final: 0-4

Marcadores: 0-1 Marcelo (27’); 0-2 João Pedro (54’); 0-3 Douglas Tanque (66’); 0-4 Douglas Tanque (84’).

Fonte: FCPF

Comentários