HOME Atualidade
Arrancou a última fase da ligação do cemitério de Vilarinho a Paradela

INVESTIMENTO GLOBAL É DE CERCA DE 1,5 MILHÕES DE EUROS

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, e o presidente da Junta de Freguesia de Vilarinho, Jorge Faria, assinalaram hoje o arranque da última fase da ligação do cemitério de Vilarinho a Paradela. A empreitada, no valor de 600 mil euros, ficará concluída no primeiro semestre de 2021.

“Sabemos que a população aguarda ansiosamente por esta ligação, mas agora trata-se de um esforço final até termos concluída esta obra estruturante para a freguesia de Vilarinho”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa. O autarca lamenta que tenha havido, já em obra, a necessidade de rever o projeto que era antigo e que isso tenha atrasado o arranque da pavimentação, salientando que “o mais importante é garantir que a intervenção fica bem-feita”.

“Esta é uma via fundamental para Vilarinho que vai permitir melhorar a circulação entre os aglomerados urbanos da freguesia bem como a ligação aos concelhos vizinhos”, garante Alberto Costa, dando conta que, no global, o investimento da Câmara Municipal de Santo Tirso na nova ligação entre o cemitério de Vilarinho e Paradela é de cerca de 1,5 milhões de euros.

No mesmo sentido, também o presidente da Junta de Freguesia de Vilarinho, Jorge Faria, reiterou que esta “é a obra mais importante de sempre para a freguesia”, mostrando-se contente por estar prestes a ver resolvida “uma reivindicação com cerca de 30 anos”.

A abertura do novo arruamento incluiu trabalhos de alargamento e infraestruturação da Rua do Calvário, parte da Rua da Pitança, Travessa das Ínsuas e parte da Rua das Ínsuas, criação de muros de suporte, novas infraestruturas de abastecimento de água e de drenagem de águas pluviais e colocação de iluminação pública. Foram ainda resolvidos diversos problemas decorrentes dos trabalhos efetuados no terreno, nomeadamente a necessidade de executar uma passagem hidráulica de grandes dimensões e a alteração da edificação dos muros de suporte devido a uma linha de água.

Ultrapassadas essas questões, avança agora a pavimentação. Na nova empreitada, no valor de 600 mil euros, está incluído o troço inicial da Estrada do Calvário, a Rua do Calvário, a Rua da Pitança, a Travessa das Ínsuas, um troço da Rua das Ínsuas e parte da Rua da Aldeia Nova. Nesta última, está previsto também a execução de uma rede enterrada de telecomunicações e ainda de um troço de rede de drenagem de águas pluviais.

A obra, de deverá estar concluída no primeiro semestre do próximo ano, contempla ainda a sobrelevação do pavimento da faixa de rodagem, para acalmia de tráfego e para garantir a continuidade da inclinação transversal e longitudinal dos passeios nas áreas de passadeiras e nos diversos entroncamentos, assim como o enquadramento paisagístico de todo o arruamento.

Para além da pavimentação em betão betuminoso, a ligação do cemitério de Vilarinho a Paradela terá zonas de paragem de transportes públicos.

Comentários