HOME Região
Paços de Ferreira: Bombeiros acusam Humberto Brito de desrespeitar confinamento

Os Bombeiros da corporação de Paços de Ferreira dizem ter comunicado à GNR que o presidente da Câmara local, Humberto Brito, “desrespeitou o isolamento profilático de 14 dias a que estava obrigado” após ter declarado que testou positivo para covid-19.

Confrontado hoje com relatos de fontes dos bombeiros, o comandante da corporação, Pereira da Costa, confirmou as informações, nada acrescentando.

Já o presidente da Câmara recusou a alegada violação do dever de confinamento, uma vez que no domingo, dia dos factos em causa, tinha em seu poder um conjunto de testes, com resultado negativo para covid-19, e acusou os bombeiros de o tentarem “denegrir pessoal e politicamente”.

Comentários