HOME SOCIEDADE
Eucaristia em honra de Santa Águeda esta quarta-feira em Monte Córdova

Será celebrada esta quarta-feira, 5 de fevereiro em Monte Córdova, uma Eucaristia em honra de Santa Águeda.

A missa está agendada para as 18h15 na Capela de Santa Luzia onde se encontra uma bonita imagem da Santa protetora dos seios e contra as forças da natureza.

Santa Águeda ou Ágata é a protetora dos seios, contra os vulcões, terremotos e as forças da natureza. Viveu por volta do ano 250 d. C. em Catânia, Itália. Um político da alta corte romana apaixonou-se por ela. Águeda, porém, recusou-se a ele, pois tinha entregue sua vida a Jesus Cristo para servir aos pobres. Indignado, ele mandou prendê0la e submeteu-a a terríveis torturas, exigindo que ela renegasse sua fé em Cristo. Como ela não renegou, ele mandou arrancar seus seios e prendeu-a num calabouço fétido. Ali, não suportando mais os sofrimentos, Santa Águeda pediu para que o senhor a levasse para junto de si. Então um grande terremoto sacudiu o local e ela faleceu nos escombros em 5 de fevereiro de 251, dia de sua festa. A imagem de Santa Águeda é rica em símbolos que contam sua história e seu martírio. Vamos conhece-los.

Os cabelos de Santa Águeda

Os cabelos soltos e divididos ao meio de Santa Águeda simbolizam sua virgindade, pureza de coração e entrega de sua vida ao Senhor Jesus Cristo. Simbolizam também sua beleza entregue a Deus, razão pela qual ela foi martirizada.

O manto vermelho de Santa Águeda

O manto vermelho de Santa Águeda simboliza o martírio, ou seja, o sangue que ela derramou por causa de sua fé em Jesus Cristo. A palavra ‘mártir’ vem do grego e significa ‘testemunha’. Santa Ágata testemunhou sua fé com seu sangue. Ela não renegou a Jesus nem quando arrancaram-lhe os seios. Por isso o manto vermelho em sua imagem simboliza esse testemunho.

A túnica verde de Santa Águeda

A túnica verde de Santa Águeda, como na simbologia cristã, simboliza a vida que renasce e vence a morte. E, na vida de Santa Águeda, a vida renasce duas vezes. Primeiro, pela sua ressurreição para a glória dos céus. Depois, porque seu testemunho fez brotar um grande número de novos cristãos. Quando viram que aquela jovem linda e cheia de vida não renegou Jesus mesmo diante de torturas horrendas, muitos aderiram a esta fé. Até hoje o testemunho de Santa Águeda é visto com respeito e admiração. Por isso, a vida renasceu através de seu testemunho. Por isso sua túnica verde.

O cinto roxo de Santa Águeda

O cinto roxo de Santa Águeda simboliza a lamentação dos justos pela injustiça que ela sofreu e por sua morte.

A taça de ouro na mão direita de Santa Águeda

A taça de ouro na mão direita de Santa Águeda contém dois seios e simboliza o sofrimento que ela viveu. Estando em sua mão direita, a mão da decisão e da ação, simboliza também a oferta que ela fez entregando seus próprios seios para não renegar seu Senhor Jesus Cristo. Sendo de ouro, símbolo do pode de Deus, significa que a oferta de Santa Águeda provém do poder e da graça de Deus em sua vida. Este símbolo identifica Santa Águeda e a distingue de outras imagens de santas.

A palma não mão esquerda de Santa Águeda

A palma não mão esquerda de Santa Águeda simboliza a vitória dos mártires. Santa Águeda foi mártir, testemunhou sua fé em Jesus Cristo com a própria vida. Por isso, ela alcançou a vitória dos mártires, a vitória de Cristo.

Oração a Santa Águeda

“Concedei-nos, Senhor, o amor constante ao vosso santo nome e a graça da perseverança nas coisas do alto durante toda a nossa vida, mesmo diante das perseguições, calúnias, torturas e sofrimentos. E pela intercessão de Santa Águeda, dai-nos, Senhor onipotente, a graça que humildemente vos pedimos, (pedido), por Cristo Nosso Senhor, amém. Santa Águeda, rogai por nós.

Comentários