HOME Desporto
Festival de desperdício dita derrota do Monte Córdova

O Monte Córdova Futebol Clube, entrou com o pé esquerdo em 2020. O conjunto cordovense perdeu na visita ao Sporting Clube da Cruz por duas bolas a uma, num encontro a contar para a jornada 15 da Série 1 do Campeonato Distrital da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.

A turma comandada por Sérgio Kélinha tinha hoje uma boa oportunidade para ganhar pontos a vários adversários diretos que tropeçaram nas suas partidas, mas foi uma tarde em que os homens de Monte Córdova não tiveram inspiração e foi um festival de situações de golo desperdiçadas. Duas bolas nos ferros e algumas ocasiões falhadas no cara a cara com o Guarda-Redes contrario, ditaram o resultado final, perante um adversário que soube aproveitar a desinpiração cordovense.

A perder ao intervalo e já com inúmeras situações de golo falhadas, Sérgio Kélinha alterou as suas pedras no reatamento, fazendo entrar, Marco Lopes e Zé para a frente de ataque, bem como refrescou o lado esquerdo da defensiva com a entrada de André Torres. A mexida surtiu efeito com o recém entrado Marco Lopes a igualar a partida. No entanto o Festival de desperdício continuou e a turma da casa voltou a marcar através de um livre direto.

Até final só deu Monte Córdova, mas o resultado manteve-se inalterável e cinco jogos depois o coletivo cordovense voltou a conhecer o sabor amargo da derrota. Apesar da equipa de arbitragem ter prejudicado a formação de Monte Córdova, os homens de Sérgio Kélinha só se podem queixar deles próprios por este resultado. Fizeram quase tudo bem, faltou acerto na finalização.

Com este resultado, o Monte Córdova Futebol Clube caí para quarto lugar com 32 pontos conquistados. Na próxima semana a formação cordovense recebe a visita do vizinho, Codessos.

Monte Córdova – Dário, Rui Martins, Paulo Tiago, Mateus e Pedrinho; Marco Oliveira, Élio e Ricardo Monteiro; Pedro Simão, Cristiano Arcipreste e Tasca.

Jogaram ainda, Marco Lopes, André Torres, Zé Rodrigues e Chico.

Não utilizados, Quim Moura, Jorge Duarte e Vitor Rodrigues

Treinador – Sérgio Kélinha

Comentários