HOME Atualidade
Comunicado – BE/Santo Tirso

Sobre a renúncia ao mandato doPresidente da Câmara Municipal de Santo Tirso

  1. No passado dia 29 de maio de 2019, a Comunicação Social tornou público a detenção do Presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, no âmbito da operação “Teia”. O Bloco de Esquerda, sempre respeitando a separação de poderes, não se pronuncia sobre este processo que deverá ser resolvido apenas pela Justiça portuguesa.
  2.  No entanto, dada a renúncia do então presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso Joaquim Couto, no passado dia 2 de junho, com efeitos imediatos, encontramo-nos perante um problema político que merece a nossa atenção. O Bloco de Esquerda de Santo Tirso acha impreterível uma clarificação política no concelho.
  3. Nesse sentido, em nome da transparência e com o sentido de responsabilidade que sempre norteia o Bloco de Esquerda de Santo Tirso, defendemos que o Partido Socialista não apresenta mais condições políticas para cumprir o restante mandado autárquico na Câmara Municipal. A clarificação do panorama político na autarquia impõe-se, sendo, por isso, necessário chamar, novamente, os tirsenses a pronunciarem-se, em urna, sobre o caminho que o concelho deve seguir.

Bloco de Esquerda Santo Tirso,

Santo Tirso, 3 de junho de 2019.

Comentários