HOME Desporto
Três equipas de Monte Córdova entre as 86 do Rali de Santo Tirso

A revelação da lista de inscritos do Rali de Santo Tirso mostra-nos um total de 86 equipas, um número em linha com as edições anteriores da prova de automobilismo. Contudo esta lista tem um aumento qualitativo com uma presença de mais viaturas de quatro rodas motrizes fruto da criação do Campeonato Promo de Ralis no qual a prova tirsense se insere, além de pontuar também para o Campeonato Start Norte de Ralis.

De Monte Córdova, temos o habitual Bruno Leão no seu BMW 316 E 30 que vai partir com o número 29 e tem Daniel Meireles como navegador. Com o número 51 temos a Dupla feminina Rita faria/Ana leão em Citroen saxo. Por fim com o número 71 os manos Carlos e Fernando Leão com um Honda Civic Type .

“Mais uma vez Santo Tirso é uma das provas mais concorridas dos ralis nacionais, facto que muito nos orgulha a nós Clube Automóvel de Santo Tirso (CAST) e nos motiva a continuar a fazer este trabalho. Recebemos quase uma centena de inscrições que nos obrigou a um grande trabalho para não ultrapassar os limites de número de inscritos que a forma como a prova está estruturada nos obriga a ter. Obrigado a todos os que acreditam nesta prova, é o que eu posso dizer” revelou Carlos Guimarães, Presidente do CAST e Diretor de Prova.

Graças à sua posição de líder nos dois campeonatos, Jorge Carvalho / Fábio Reis ostentarão o numero 1 nas portas do Peugeot 208 R2 e serão os primeiros na estrada. O tirsense João Andrade navegado por Luís Boiça alinha no rali da sua terra com os olhos postos em vingar o azar na pretérita edição da prova, ostenta o título Start Norte de 2022 mas este ano não está a disputar o campeonato.

Parcídio Summavielle quer também manter a boa prestação este ano, navegado por Jorge Oliveira no Renault Clio R3, mas tem de estar atento aos dois Peugeot 208R2 das duplas Rafael Marques Pereira / António Pereira e António Veiga / Francisco Martins que têm mostrado boa performance. A regularidade tem sido o trunfo de Filipe Teixeira / António Campos no Citroen Saxo que espreitam sempre uma oportunidade. João Vinha / Marco Vilas Boas vêm a Santo Tirso tentar esquecer o azar do Rali Terras D’Aboboreira do passado fim de semana, quando um poste caído no troço de Qualifying provocou danos no Mitsubishi Lancer Evo VI mesmo antes do rali começar e os obrigou a desistir.

Marco Oliveira / Ricardo Sousa estrearam há três semanas em Famalicão um VW Polo N5 com o qual lutaram pela vitoria, sendo uma das duplas favoritas. Rui Borges / Luís Ribeiro estreiam em Santo Tirso um Citroen C3 N5 que lhes permitirá uma subida de performance e será curioso de avaliar a progressão do piloto açoriano.

Mas há mais, André Cabeças regressa a Santo Tirso com o Mitsubishi Mirage Proto com Diogo Cupido no banco do lado direito, o objetivo é voltar a vencer. Jorge Santos será navegado por Vitor Hugo e mostra pela segunda vez o Skoda Fabia S2000 esperando melhor sorte do que no ano anterior. Quem vem a Santo Tirso pela primeira vez é António Cruz Monteiro navegado pela sua irmã Ana Cruz Monteiro ao volante do Peugeot 208 T16. Sem esquecer os dois irmãos José e Manuel Gil que voltaram ao ativo respetivamente com Ford Escort RS MKI e um Renault 5 GT Turbo para correr “em casa”.

Estes são apenas alguns dos nomes que contribuirão para o brilho da prova que começa na 6ª feira à noite com a tradicional super-especial noturna e terás seis troços no dia de Sábado e que conta com mais de uma dezena de equipas do concelho inscritas.

Comentários