HOME Região
Luís Osório apresenta “Ficheiros Secretos” na Junta de Freguesia de Raimonda

“Ficheiros Secretos – Histórias Nunca Contadas da Política e da Sociedade Portuguesas” é título do livro do jornalista e escritor Luís Osório, que será apresentado pelo autor, no próximo dia, 14 de Março, às 21 horas, na Junta de Freguesia de Raimonda em Paços de Ferreira.

Nesta obra, Luís Osório recupera ficheiros de grandes figuras que pertenciam à categoria do que nunca se soube e desvenda acontecimentos guardados no fundo do baú, do que estava por contar.
Publicado pela Contraponto, este livro define de alguma forma o país que somos – um Portugal feito de personagens, desencontros e paradoxos e está repleto de histórias muito interessantes e até agora desconhecidas, que abarcam personalidades da política, como Mário Soares, Álvaro Cunhal, Cavaco Silva, António Guterres, Ramalho Eanes, Jorge Sampaio ou Freitas do Amaral, e muitas das grandes figuras da cultura e da sociedade portuguesas, como José Saramago, António Lobo Antunes e Amália Rodrigues, entre outras.

A leitura de Ficheiros Secretos explica, por exemplo, entre tantas outras histórias, como a morte do pequeno Chico, irmão de José Saramago, determinou a vida do escritor ou como a morte do amor da vida de Siza Vieira lhe definiu o destino.
Com este livro, o leitor fica ainda a saber como foi o dia em que o pai de Manoel de Oliveira, no leito da morte, quis que ele conhecesse dois irmãos de uma relação bastarda e a conhecer a solidão de Amália Rodrigues que, ao contrário do que se dizia, detestava vinho.


Entre tantas histórias que pertencem à categoria “do que nunca se soube”, Ficheiros Secretos revela ainda a extraordinária história do último leproso português e da tenebrosa leprosaria construída pelo Estado Novo.

Luís Osório nasceu em 1971, em Lisboa. Dirigiu jornais e uma estação de rádio. Imaginou programas de televisão, encenou uma peça de teatro, participou em comissões governamentais, coordenou a comunicação política de uma campanha presidencial e é consultor empresarial. Comentou política, realizou documentários e foi premiado como jornalista e criativo. Publicou oito livros, o último dos quais 30 Portugueses, 1 País, resultado de 30 conversas com figuras portuguesas das mais variadas áreas.

Ao longo dos últimos anos, o JORNAL O CORDOVENSE, tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O JORNAL O CORDOVENSE é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há dez anos.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o JORNAL O CORDOVENSE. MBWAY – 919954029 NIB – 0010 0000 4687 7240 0016 5

Comentários