HOME Atualidade
PCP/ Santo Tirso em protesto pelo funcionamento pleno dos Centros de Saúde

A Concelhia de Santo Tirso do Partido Comunista, realizou esta sexta-feira de manhã, em frente aos centros de saúde de São Tomé de Negrelos e de Vila das Aves, um protesto em defesa do pleno funcionamento de todos os centros de saúde.

Entre as palavras de ordem para “garantir acesso aos cuidados de saúde” e “recuperar atrasos” e “combater a epidemia”, o PCP distribuiu um documento à população em que exige que o Governo invista no Serviço Nacional de Saúde no seu conjunto, nomeadamente com a contratação de profissionais “que garantam o pleno funcionamento” de todos os centros de saúde ao mesmo tempo que se responde à epidemia.

O PCP afirma que é “necessária e urgente” a resposta aos problemas decorrentes do surto epidémico, mas que essa “não pode ser feita à custa da perda de valências e resposta” a todos os utentes em geral, em particular a idosos e doentes crónicos.

O cancelamento generalizado de consultas e consequente falta de acompanhamento, a impossibilidade de muitos utentes acederem a consulta de recurso, incapacidade de resposta às muitas solicitações e pedidos de esclarecimento, originando confusões e impaciência nos utentes, “não pode ser a resposta”, sublinham.

A PCP insiste que as Unidades de Saúde de São Tomé de Negrelos, São Martinho do Campo e Vila das Aves, necessitam urgentemente de ” mais profissionais de saúde’

José Alberto Ribeiro, afirmou à comunicação social que a principal reivindicação passa por ” os centros de saúde começarem a atender as pessoas, pois com a desculpa do covid há muitas consulta que são pura e simplesmente adiadas”

Declarações de José Alberto Ribeiro

Comentários