Geral
Câmara assegura consultas de dentista no Hospital de Santo Tirso

SERVIÇO COMEÇA A FUNCIONAR A PARTIR DE 15 DE NOVEMBRO

A partir de dia 15 de novembro, a população de Santo Tirso vai passar a ter disponível mais um serviço de medicina dentária, desta vez no Hospital de Santo Tirso. Dirigidas às pessoas com carências económicas, as consultas são gratuitas, uma vez que a Câmara Municipal assume o custo das mesmas.

PUB.

“É mais um serviço que a Câmara Municipal de Santo Tirso garante à população, no âmbito daquela que tem sido a nossa política de coesão social e de criação de amortecedores sociais”. As palavras são do presidente da autarquia, Joaquim Couto, no momento da inauguração do novo serviço de medicina dentária, disponível no Hospital de Santo Tirso.

Fruto de um protocolo com a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário e o Centro Hospitalar do Médio Ave, o Município de Santo Tirso passa, assim, a disponibilizar consultas gratuitas à população com carências económicas.

De acordo com Joaquim Couto, trata-se de um serviço “muito importante” à população, dada a quase inexistência de medicina dentária no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Santo Tirso, realçou o autarca, “tem procurado contrariar esta situação” e para além do serviço inaugurado esta terça-feira “dispõe de uma consulta de medicina dentária na Unidade de Saúde Familiar de S. Martinho do Campo”.

Localizado na ala das consultas externas do Hospital de Santo Tirso, o serviço de medicina dentária tem duas cadeiras disponíveis. O acordo de cooperação prevê que o Município possa realizar até 1500 consultas durante um ano, competindo à Câmara suportar o custo das mesmas. À CESPU, competiu a instalação das cadeiras e dos médicos dentistas, bem como todo o material associado, e ao Centro Hospitalar do Médio Ave a cedência das instalações.

As consultas iniciam-se dia 15 de novembro. Para aceder a estas consultas, os utentes com isenção por insuficiência económica inscritos nos Agrupamentos de Centros de Saúde de Santo Tirso/Trofa devem dirigir-se à Divisão da Ação Social da Câmara Municipal, para proceder ao pedido de marcação de consulta, sendo depois reencaminhados para o Hospital. Quer o município da Trofa, quer o de Famalicão, ambos abrangidos pelo Centro Hospitalar do Médio Ave, deverão aderir a este projeto.

Desde abril, recorde-se, existe serviço de medicina dentária na Unidade de Saúde Familiar de S. Martinho do Campo, abrangido pelo SNS, no âmbito de um protocolo estabelecido entre a Câmara de Santo Tirso e o Ministério da Saúde. Joaquim Couto revelou que a autarquia se encontra a negociar com o ministério a instalação de mais uma cadeira de dentista, noutro centro de saúde do concelho.

PUB.

Comentários