Atualidade
Santo Tirso íntegra rede de Municípios Saudáveis

Santo Tirso passou a integrar a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis. A candidatura, apresentada pela Câmara Municipal, foi aceite, tendo por base as medidas que têm sido implementadas no concelho. “É um reconhecimento do trabalho que estamos a realizar no âmbito da saúde e da atividade física”, aludiu o vice-presidente da autarquia, Alberto Costa, que recebeu a bandeira de “Santo Tirso, Município Saudável”.

O Plano Municipal de Saúde, o Plano Municipal de Mobilidade Sustentável ou o programa Santo Tirso Ativo são apenas algumas das medidas que estão no terreno e que, segundo Alberto Costa, “são promotoras de hábitos de vida saudáveis”.

Exemplo disso, acrescentou, “são as consultas de medicina dentária disponíveis na Unidade de Saúde Familiar de S. Martinho do Campo, a promoção da alimentação saudável, com ementas e lanches saudáveis nas escolas, a iniciativa «O ciclismo vai à escola”, o apoio à dislexia e ao daltonismo aos alunos do 1º ciclo, ou as aulas de ginástica gratuitas para os seniores do Município e para a população com deficiência”.

A integração na Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis é, por isso, vista com entusiasmo pelo vice-presidente da Câmara: “Faz todo o sentido que Santo Tirso faça parte deste organismo que tem por objetivo a troca de experiências e a partilha de conhecimento, para que se possa evoluir”.

Depois de participar no VII Fórum da Rede de Municípios Saudáveis, que decorreu em Santa Cruz a 26 de outubro, e ter recebido a bandeira “Santo Tirso, Município Saudável”, Alberto Costa realçou que “a Câmara continuará a trabalhar nesta área”, até porque “a saúde é um fator determinante para a qualidade de vida das pessoas e da população”.

A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, constituída em 1997, é uma associação de municípios cuja missão passa por apoiar o desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nos municípios aderentes, os quais pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade nas decisões políticas.

No âmbito do VII Fórum da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, para além de Santo Tirso participaram outros 33 municípios, nomeadamente Almodôvar, Azambuja, Barreiro, Braga, Castro Marim, Coimbra, Cuba, Figueira da Foz, Gondomar, Lisboa, Loulé, Loures, Miranda do Corvo, Monção, Monchique, Odemira, Oeiras, Palmela, Ponta Delgada, Porto, Póvoa do Lanhoso, Ribeira Grande, Serpa, Seixal, Setúbal, Soure, Torres Vedras, Valongo, Viana do Castelo, Vidigueira, Vila Franca de Xira e Vila Real e Lagoa – Açores.

 

 

Comentários