Atualidade
Joaquim Couto anuncia três milhões para obras em Água Longa e Reguenga

São três milhões de euros para requalificar a Estrada Municipal (EM) 308, em Água Longa, e a ligação viária entre a Reguenga e a Seroa. O anúncio foi feito esta segunda-feira, pelo presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, numa conferência de imprensa que assinalou o primeiro ano de mandato do executivo.  “São duas vias muito importantes para os moradores, mas também para a fixação de novas empresas, no caso de Água Longa”.

Numa conferência de imprensa descentralizada em Água Longa, o presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, assinalou o primeiro ano de mandato do atual executivo com o anúncio de dois projetos “extremamente importantes” para as freguesias de Água Longa e Reguenga.

No início do próximo ano, revelou, “lançaremos os concursos públicos para requalificação da EM 308, Água Longa, entre a EN105 e o limite do concelho, e para a requalificação da EM 558, que liga a freguesia da Reguenga ao município de Paços de Ferreira”. “Espero que estas duas obras, muito importantes para estas freguesias e para o Município de Santo Tirso, possam estar concluídas em 2020”, referiu Joaquim Couto.

Sobre a EM 318, o presidente da Câmara explicou que se trata de um investimento na ordem dos dois milhões de euros. Segundo o autarca, é uma obra que vai atingir dois objetivos: melhorar as condições de mobilidade na zona residencial, nomeadamente entre a EN 105 e o cruzamento com a Rua da Gandra, e beneficiar as empresas instaladas e que se possam vir a instalar a partir do cruzamento da Rua da Gandra até ao limite do concelho.

“Vamos intervir numa via muito importante, para que mais empresas se possam estabelecer à volta da EM 318, uma vez que esta estrada fica muito próxima do nó da A41, em Água Longa”, apontou Joaquim Couto.

Outra das intervenções que vai avançar em 2019 será a requalificação da via que liga a Reguenga à Seroa, Paços de Ferreira, num investimento a rondar um milhão de euros. Uma obra que “terá grande impacto na vida de muitas pessoas”, de acordo com o autarca, “que utilizam este trajeto nas deslocações para o trabalho e regresso às suas casas”.

Os dois grandes investimentos, no valor global de três milhões de euros, foram anunciados no dia em que se assinalou um ano após a tomada de posse do atual executivo camarário que cumpre, atualmente, o segundo mandato. “Vamos continuar a mudar Santo Tirso e a apostar nas nossas freguesias e na requalificação das infraestruturas rodoviárias, não só para benefício da população, mas também para potenciar a captação de investimento para o Município”, concluiu Joaquim Couto.

Comentários