Desporto
Futebol – Paços vence em Coimbra

Telmo Mendes

O FC Paços de Ferreira mantém-se cem por cento vitorioso na Liga, decorridas que são duas jornadas da prova. Os Castores venceram o difícil teste de Coimbra (1-0) e estão no topo da classificação da prova. Em partida que colocava frente a frente dois candidatos assumidos à promoção, saiu-se melhor a equipa treinada por Vítor Oliveira que, com um golo madrugador de Uilton (9’), decidiu o encontro. O Paços entrou melhor na partida e criou a primeira situação de golo, logo aos 4’, com Uilton a arrancar pela direita e a cruzar para o cabeceamento de Luiz Phellype, ao lado. A Académica teve a sua melhor oportunidade logo a seguir, após um atraso de André Leão que foi intercetado por Djousse, mas este, após contornar Ricardo Ribeiro, atirou ao lado. O Paços voltou a responder e com o golo que acabaria por decidir o encontro. Ricardo Ribeiro recolheu uma bola, colocou rápido e com qualidade na frente para Wagner e este serviu Uilton para uma conclusão perfeita na área. Simples e eficaz, como se pede. O golo serenou o jogo e até final do primeiro tempo registo apenas para um corte providencial de Christian com a cabeça (23’), após livre batido por Ki na esquerda. Ao intervalo a vantagem pacense justificava-se pela maior experiência e qualidade dos Castores.
Para a segunda parte Vítor Oliveira lançou Vasco Rocha para o lugar do amarelado André Leão e a equipa demorou algum tempo a ajustar-se à nova realidade em campo. Aproveitou a Académica para dominar mais o encontro, embora sem grande capacidade para incomodar a bem escalonada e concentrada defensiva pacense, Ricardo Ribeiro incluído. O Paços controlou a partida, embora poucas vezes tenha chegado à baliza de Peçanha. A melhor jogada foi uma ação individual de Bruno Santos na direita que, após um toque de classe, entrou na área e serviu Luiz Phellype, mas a conclusão deste foi para fora. Conforme o jogo foi decorrendo o Paços foi assumindo o controlo do resultado, ainda por cima com a Académica a ficar reduzida a nove elementos, após lesão de William já com as três substituições feitas, e por Peçanha ter visto o cartão vermelho por derrube a Fatai. O avançado nigeriano entrou bem na partida e esteve nesse lance muito perto do 2-0, não fosse o derrube feito pelo guarda-redes da Académica. O apito final revelou um Paços como justo vencedor, voltando a dar uma alegria aos muitos adeptos que acompanharam a equipa nesta deslocação a Coimbra. A onda continua a favor da equipa pacense, que terá novo teste no domingo (26 de agosto) com a receção ao FC Famalicão, para a 3ª jornada da Ledman LigaPro.

Estádio Cidade de Coimbra
Árbitro: Tiago Martins, auxiliado por Pedro Mota e Ricardo Luz
Disciplina: Cartão Amarelo; André Leão (19’); Guima (26’); Wagner (31’); Bruno Teles (33’); Pedrinho (51’); Reko (60’); Vasco Rocha (87’). Cartão Vermelho; Peçanha (87′).

ACADÉMICA: Peçanha; Joel, Willian, Brendon e Nelson Pedroso; Dias, Guima (Marinho, 64’) e Reko; Traquina (Hugo Almeida, 64’), Djousse e Ki (Junior Sena, 73’).
Não utilizados: Ricardo Moura; João Real, Mike e Diogo Ribeiro.
Treinador: Carlos Pinto

FC PAÇOS DE FERREIRA: Ricardo Ribeiro; Bruno Santos, Marco Baixinho, Marcos Valente e Bruno Teles; André Leão (Vasco Rocha, 45′), Christian e Pedrinho; Wagner (Barnes, 82′), Luiz Phellype e Uilton (Fatai, 70’).
Não utilizados: Carlos; Junior Pius, André Leal e Douglas Tanque.
Treinador: Vítor Oliveira

Ao intervalo: 0-1

Resultado Final: 0-1

Marcadores: 0-1 Uilton (9′).

Fonte: www.fcpf.pt

PUB.

Comentários