O Clube Desportivo das Aves realizou este sábado, 21 de julho o jogo de apresentação aos seus adeptos e associados, tendo como oponente o Sporting de Braga.

Apesar de ter perdido por 1-2, e de ainda não ter vencido nesta pré temporada, 2018/2019, o conjunto avense deixou neste ensaio bons indicadores dentro das quatro linhas.

O jogo iniciou-se com extremo equilíbrio com ambas as equipas bem organizadas a nível defensivo. José Mota iniciou o encontro com três reforços no onze inicial, Beunardeau, Bura e Michel Douglas, com o médio defensivo a deixar apontamentos bastante positivos.

Apenas aos 20 minutos nasceu a primeira oportunidade de golo do primeiro tempo. Paulinho após uma excelente iniciativa individual pelo corredor direito atirou forte obrigando o novo Keeper avense, Quentin Beunardeau a uma bela intervenção. O SC Braga continuou a carregar, mas só a dois minutos do intervalo conseguiu abrir o ativo. Depois de uma excelente combinação ofensiva, Esgaio serviu na perfeição Ricardo Horta que fez o primeiro da legião bracarense.

A segunda parte começou com muita intensidade com as duas formações à procura do golo. Aos 47’, Ricardo Esgaio assistiu Fransérgio que atirou a centímetros do poste. Seis minutos depois, Marafona brilhou dentro dos postes bracarenses, negando oo gol a Vítor Gomes com uma fantástica defesa. À passagem do minuto 69, eis que nasce o momento da noite. Luther Singh arrancou pela direita e atirou uma bomba para o fundo da baliza avense – um golo que fez a delícia dos adeptos do SC Braga presentes em Vila das Aves. Três minutos depois, Vukcevic fez penálti ao tocar a bola com o braço dentro da grande área. Na conversão da grande penalidade, Derley reduziu a desvantagem do CD Aves. Até ao final do encontro, só deu Aves, com  a formação de José Mota à procura do empate, mas o SC Braga mostrou-se sempre bem posicionado defensivamente, anulando praticamente todas as investidas da equipa da casa.

José Mota iniciou o encontro com o seguinte onze inicial: Beunardeau, Rodrigo, Diego Galo, Jorge Fellipe, Nelson Lenho; Bura, Vítor Gomes, Braga, Nildo, Amilton, Michel Douglas.

Jogaram ainda- Szimomek, Baldé, Farina, Falcão, Derley, Rodrigo Defendi, Pedró, Hamdou Elhouin, Marco Pinto, Sami, Kelvin, Tong Lee e Rodrigues.

Nota ainda, para o facto desta partida ter sido ajuizada por uma equipa de arbitragem da Associação de Futebol Amador de Santo Tirso, chegada por Bruno Ribeiro, aliás à semelhança do que ja tinha acontecido frente ao Vitória de Guimarães.