Atualidade
Câmara requalifica ruas em Lamelas e Guimarei

EXECUTIVO VISITOU AS INTERVENÇÕES LEVADAS A CABO NAS RUAS DA VEIGA E DA ESTIRADA

Foi a primeira visita no modelo de “Presidência Aberta” realizada no mandato 2017/2021 e teve lugar na União de Freguesias de Lamelas e Guimarei, no último sábado. O executivo municipal aproveitou a ocasião para ver no terreno alguns dos investimentos feitos em 2017, num total de cerca de 100 mil euros.

Com o intuito de motivar uma participação cívica ativa da população, o executivo municipal dedicou o último sábado a uma visita de “Presidência Aberta” à União de Freguesias de Lamelas e Guimarei.

Depois da habitual reunião de trabalho, o presidente da Câmara de Santo Tirso visitou as Ruas da Veiga e da Estirada, cujas requalificações eram reivindicações antigas da população, e se encontram agora concluídas. Só em 2017, no conjunto de intervenções em ruas e no edifício sede da junta, a Câmara Municipal investiu cerca de 100 mil euros na União de Freguesias de Lamelas e Guimarei.

“Estamos atentos às reivindicações das diferentes freguesias, e no caso de Lamelas e Guimarei, a pavimentação da Rua da Veiga e o alargamento da Rua da Estirada eram necessidades. Entretanto, e depois da profunda beneficiação do interior do edifício sede da junta já concluída, vamos avançar com os arranjos exteriores do edifício”, explicou Joaquim Couto.

“Este modelo de visitas às freguesias tem, essencialmente, o intuito de fomentar a participação cívica das pessoas e de as aproximar das decisões políticas. Não são apenas visitas físicas; quando as realizamos procuramos inteirar-nos de situações que envolvem também as medidas que não se vêm, como quantas pessoas da freguesia beneficiam de transporte escolar ou de subsídio municipal de arrendamento”, sublinhou.

Lurdes Santos, presidente da União de Freguesias, também frisou a importância do bom relacionamento entre junta e Câmara Municipal. “O apoio da Câmara tem sido fundamental, sem ele muitos nossos projetos ficam comprometidos. É para nós muito importante saber que avançam obras que para nós são prioritárias, como será a requalificação exterior do edifício da junta”, referiu.