Desporto
Aves leva a melhor no duelo de aflitos

O Desp. Aves venceu, por 1-0, esta segunda-feira, o Estoril num duelo pela sobrevivência na I Liga a encerrar a 32.ª jornada. Os avenses assumem a 14.ª posição da tabela classificativa, deixando os “canarinhos” com 26 pontos (a três de Paços de Ferreira e V. Setúbal), ainda mais afundados depois da vitória do Feirense.

Com cinco derrotas nos últimos seis jogos do campeonato, o Desp. Aves enfrentava o último da classificação, um Estoril empenhado em passar o testemunho e que já surpreendera em Portimão, há duas semanas, naquela que foi a única vitória “canarinha” nos últimos 11 encontros.

O Estoril surgiu melhor nas Aves, com Allano a rematar ao poste e o guarda-redes Adriano Facchini a impedir que Bruno Gomes e Halliche colocassem os visitantes em vantagem. O brasileiro manteve a baliza segura no momento mais crítico dos avenses.

Os finalistas da Taça de Portugal também não revelaram grande inspiração no ataque, com Nildo a testar Renan e Tissone a falhar a emenda. O Desp. Aves viu ainda o VAR negar-lhe a pretensão de usufruir de dois penáltis por mão de Dankler (9′) e Bruno Gomes (45′), decisão esta que não é totalmente pacífica.

A segunda parte confirmou a urgência de uma vitória, com Bruno Gomes a desperdiçar duas oportunidades flagrantíssimas e, pelo meio, o Desp. Aves a ver Dankler salvar sobre a linha um golo quase certo de Nildo.

Com o decorrer do jogo intensificou-se o controlo dos locais e Nildo, a passe de Vítor Gomes, decidiu o encontro com um golo  precioso para a formação orientada por José Mota.

Este triunfo permite à equipa avense saltar da 17.ª posição para a 14.ª com 31 pontos, ficando assim fora da zona de despromoção, enquanto o Estoril vê a situação ficar mais complicada, mantendo a última posição com 26 pontos, a três da primeira equipa acima da linha de despromoção.

Após esta jornada, o Paços de Ferreira caiu para a zona de despromoção, com os mesmos 29 pontos do Vitória de Setúbal, a primeira equipa acima da zona de descida, com os pacenses a deterem desvantagem de um golo na diferença de golos.

PUB.

Comentários