Cultura
Violoncelista Cláudio Bohórquez atua na Biblioteca Municipal

DIA 5 DE ABRIL, PELAS 21H30, COM ENTRADA LIVRE

É considerado um dos mais fascinantes músicos da sua geração e vai atuar em Santo Tirso. Claudio Bohórquez é o protagonista do concerto de violoncelo promovido pela Câmara Municipal e pelo Centro Internacional de Música de Santa Cristina no próximo dia 5 de abril, que terá lugar na Biblioteca Municipal, pelas 21h30.

No próximo dia 5 de abril, pelas 21h30, a Câmara de Santo Tirso e o Centro Internacional de Música de Santa Cristina, no âmbito do seu programa de masterclass, promovem o concerto “Suites para violoncelo solo de J. S. Bach”, protagonizado por Claudio Bohórquez.

O músico é reconhecido no meio musical, pelos críticos e pelo público, como um dos mais fascinantes da sua geração, contando com inúmeras gravações e concertos. Em Santo Tirso, interpretará obras do repertório de Johann Sebastian Bach, concretamente a Suite Nº1 para Violoncelo Solo, BWV 1007 e Suite Nº6 para Violoncelo Solo, BWV 1012.

Claudio Bohórquez é um violoncelista alemão com origens peruana e uruguaia. Aluno de Boris Pergamenshikov, Bohórquez atingiu muito rapidamente expressiva notoriedade em importantes concursos internacionais, nomeadamente no Concurso Tchaikovsky para jovens, realizado em Moscovo e no Concurso Rostropovich de Paris.

O violoncelista tem atuado regularmente em importantes festivais internacionais de musica, com destaque para o Festival Casals de Porto Rico, e colaborado com algumas das maiores orquestras mundiais, de que são exemplo a Orquestra Filarmónica de Tóquio, a Orquestra de Cleveland e a Orquestra Sinfónica de Chicago, entre outras.

Com inúmeras gravações em CD e outras tantas transmissões dos seus concertos em estações de rádio e televisão, Claudio Bohórquez participou em 2000 na banda sonora do projeto cinematográfico Tem Minutes Older, que envolveu quinze importantes realizadores de cinema. Para além dos concertos, Bohorquez dedica parte do seu tempo ao ensino, sendo, desde 2003, professor convidado da Academia Hans Eisler, em Berlim, e, desde 2011, professor titular na Academia de Música de Estugarda.

Claudio Bohorquez toca com um violoncelo G. B. Rogeri, cedido pelo Landeskreditbank Baden- Württemberg.

A entrada é livre.

PUB