À conversa com...
À conversa com… Bruno Neto

Quem for ver um jogo do Desportivo das Aves, não consegue ficar indiferente à atuação da Força Avense. Sempre na curva vão cantando e apoiando durante os noventa minutos da partida,, com uma dedicação e paixão sem limites. Em suma são o 12º jogador.

Tarjas, fumos e Bandeiras gigantes ajudam ao espectáculo, onde nunca falta em lugar de destaque o pano da F.A. Redundo. Isso mesmo, leu bem, Redundo. A pequena aldeia da nossa freguesia está lá representada. O culpado é Bruno Neto, um jovem de 24 anos que na sua paixão pelo Desportivo das Aves faz questão de mostrar orgulhoso o local onde nasceu e reside.

Recentemente até venceu um passatempo lançado pelo clube intitulado Para homens de Barba Rija.

 

Como surgiu a paixão pelo Aves?

A paixão pelo aves surgiu quando fui ver um jogo ainda era muito novo na altura foi um jogo para a Taça de Portugal Aves contra o Braga nos tempo do Freachaut , Paulo Santos. Foi o primeiro jogo que fui ver de futebol, o estádio estava cheio e o Aves nesse jogo ganhou foi uma alegria a dobrar

E à quantos anos estás ligado à Força Avense?

O primeiro jogo que fui ver com a Forca Avenseno ano  foi a Faro ao Farense em 2o15

E qual é a diferença de ver o jogo na curva?

E diferente porque sente – se mais o futebol, é mais forte, somos o 12 jogador. Estar na curva é muito especial para mim,  as pessoas da Força avense acolheram – me sem problemas nenhuns .. a Forca Avense é a minha segunda família

Qual a maior loucura que fizeste pelo Aves?

Foi o ano passado numa deslocação a Portimão, num jogo a meio da semana e depois de uma noite de . Foram 1200 km sem dormir mas pelo Aves vale tudo.

Que características destacas na tua claque?

Humildade,  são pessoas muito unidas o que admiro muito .

Qual o jogo quê mais te marcou ?

Foi ano passado em Moura quando um jogador me deu a sua camisola

Quem foi o jogador?

Marco Pinto um grande ser humano, muito humilde e muito amigo

Gostavas de ver na curva mais malta de Monte Córdova?

Para mim é indiferente, porque eu lá com a Forca sinto – me em casa
Convido.te a deixar uma mensagem a todos os avenses?
O Aves nada nos deve. nós é que lhe devemos

Comentários