Geral
António Costa não tem a confiança Política do PS/Vila da Aves

Tendo em conta os últimos acontecimentos políticos ocorridos na freguesia de Vila das Aves, o
Partido Socialista local vem por este meio retirar a confiança política a António Costa, candidato
do partido à Junta de Freguesia de Vila das Aves nas Autárquicas de 2013 e líder da oposição na
Assembleia de Freguesia.
Depois de ter aceitado concorrer contra o PS nas listas da coligação PPD-PSD/CDS-PP nas
eleições de 1 de outubro de 2017, António Costa deveria, por um imperativo ético e democrático,
ter-se afastado das funções que exerceu durante quatro anos na Assembleia de Freguesia de
Vila das Aves.
Dado que, até à data, não é conhecida qualquer tomada de decisão do membro eleito pelo PS
para a Assembleia de Freguesia de Vila das Aves, o PS local quer deixar claro que António Costa
não representa naquele órgão autárquico o partido, nem defende as posições do partido junto
da população de Vila das Aves.
Se a atitude de António Costa já constituía motivo de censura política, por ter traído a confiança
do PS, que o apoiou na candidatura em 2013, e por ter faltado ao respeito a quem o elegeu com
o seu voto para a Assembleia de Freguesia, a falta de legitimidade para defender o projeto
político que liderou em 2013 até às Eleições Autárquicas de outubro só mostra a desonestidade
intelectual e o oportunismo político do número dois da lista da coligação PPD-PSD/CDS-PP.
O PS/Vila das Aves exige a António Costa que, por iniciativa própria, clarifique de uma vez por
todas a situação pantanosa em que se colocou, porque o partido não aceita ser conivente ou
ficar refém de estratégias ou interesses pessoais.

Vila das Aves, 5 de setembro de 2017
O PS/Vila das Aves

Comentários