Atualidade
Inaugurada a Praceta do Alto da Feira

Foi inaugurada, no último sábado, a requalificação da Praceta do Alto da Feira. Resultado de um investimento da autarquia na ordem dos 300 mil euros, a requalificação veio valorizar um dos espaços mais emblemáticos da cidade.

“Uma obra para todos”. Foi assim que Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, caraterizou a requalificação da Praceta do Alto da Feira, inaugurada no passado sábado. A varanda sobre o Largo Coronel Batista Coelho tem agora nova cara, que beneficia um dos locais mais movimentados e emblemáticos da cidade.

“Esta não é uma obra faraónica, mas um investimento inteligente e responsável. É uma obra que visa melhorar a fruição desta zona, uma obra a pensar no comércio local, beneficiando, nomeadamente, os estabelecimentos e a economia que envolve esta praça, mas também a população que nos visita”, explicou aos jornalistas.

Resultado de um investimento camarário na ordem dos 300 mil euros, a obra veio valorizar a circulação dos peões. A partir de agora é proibido o estacionamento na praceta, à exceção do acesso a cargas e descargas, moradores e veículos prioritários. De forma a que possa funcionar como um espaço eminentemente de fruição, foi criada uma zona de aparcamento de bicicletas estando ainda previsto o alargamento da área destinada a esplanadas.

Para Jorge Gomes, presidente da União de Freguesias de Santo Tirso, Couto (Santa Cristina e São Miguel) e Burgães, esta é uma obra abrangente. “O grande objetivo de uma obra para todos, como afirma o Presidente da Câmara, é esse mesmo: não discriminar se se é jovem, menos jovem mas antes criar condições de mobilidade inclusivas ”, referiu.

Esta obra faz parte de um plano mais alargado de requalificação do centro da cidade que inclui uma renovada entrada sul e que vai ainda ao encontro do Plano de Mobilidade Sustentável de Santo Tirso.