Atualidade
Câmara do Comércio Americana elogia condições de Santo Tirso

Santo Tirso recebeu, na passada terça feira, a visita da Câmara de Comércio Americana em Portugal. O encontro de trabalho contou com a participação de Manuel Santos Carneiro, membro da direção daquela entidade, e do presidente da Câmara, Joaquim Couto, e teve como intuito de dar a conhecer as potencialidades do Município em termos de investimento.

“É bastante entusiasmante ver uma Câmara Municipal com ideias tão claras e objetivas”. O elogio foi feito na passada terça-feira por Manuel Santos Carneiro, diretor da Câmara do Comércio Americana em Portugal, aquando de uma visita a Santo Tirso.

O encontro, como explicou o presidente da autarquia, Joaquim Couto, serviu para mostrar as potencialidades do Município: “Consideramos que devemos utilizar a nossa magistratura de influência, em complementaridade com o Estado e com as agências governamentais, uma estratégia que iniciámos no princípio do mandato”.

Segundo o autarca, esta estratégia “tem dado resultado”, uma vez que “tem havido muito investimento em Santo Tirso, nomeadamente um incremento das exportações das empresas do concelho”.

“Isso deve-se, claro, à competência das nossas empresas e dos nossos empresários, mas se a Câmara for um mecanismo facilitador, se criar políticas agressivas de apoio ao investimento e de apoio às empresas, está a dar um forte apoio aos empresários que já cá estão instalados e que exportam, bem como àqueles  que querem vir para o nosso Município”, argumentou.

Para Manuel Santos Carneiro, Santo Tirso reúne um conjunto de fatores que favorecem o investimento, que o colocam em situação estratégica. “Tenho fortes esperanças que deste encontro possa surgir um processo de dinamização da economia. Enquanto Câmara do Comércio, temos sempre a expetativa de avaliar o âmbito da intervenção dos empresários nos Estados Unidos, e interessamo-nos em falar com as empresas que já exportam para este país, mas sobretudo em organizar programas consistentes que favoreçam também as empresas que possam vir a exportar para lá. Santo Tirso reúne condições fantásticas para isso, até porque está muito bem servido por meios de comunicação. Estou convencido que é mais um polo que pode crescer”, acrescentou.

Desde finais de 2014, surgiram no concelho quase três mil novos postos de trabalho. Só em 2015, Santo Tirso registou 550 milhões de euros de exportações e a taxa de desemprego desceu 12%.

 

Comentários