Sociedade
Mais de 200 professores reunidos no “FÓRUM EDUCA”

“Reorganizar a Escola para o sucesso” foi o mote para a primeira edição do Fórum EDUCA, que decorreu nos dias 17 e 18 de março. A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal em parceria com o Centro de Formação Sebastião da Gama e com o Agrupamento de Escolas Tomaz Pelayo, juntou nesta escola mais de 200 educadores de infância e professores, dos ensinos básico e secundário. Presente no evento, João Costa, Secretário de Estado da Educação, elogiou o trabalho coletivo que este tipo de iniciativas consegue gerar.

Mais de 200 educadores de infância e professores, reunidos para debater a temática da Educação, deram nota positiva à primeira edição do “Fórum EDUCA”. Promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso em parceria com o Centro de Formação Sebastião da Gama e com a escola anfitriã do evento, o Agrupamento de Escolas Tomaz Pelayo, a iniciativa juntou educadores dos ensinos básico e secundário, nos dias 17 e 18 de março.

“Reorganizar a Escola para o sucesso” foi o mote para esta primeira edição, que contou com a presença do secretário de Estado da Educação, João Costa. “A educação requer sempre momentos em que temos de parar, juntarmo-nos todos, pensar e partilhar práticas, e foi isso que os professores que aqui estiveram fizeram ao longo destes dois dias, refletir sobre o trabalho na Educação e naquele que é o nosso principal desafio: garantir sucesso e melhor aprendizagem a todos. Um dos preditores do sucesso escolar é o trabalho colaborativo entre os professores, é algo que está estudado, e portanto quando os professores se juntam para pensar em conjunto, estão necessariamente a trabalhar para a promoção de melhores resultados para os seus alunos”, elogiou.

Esta primeira edição do “Fórum EDUCA” contou como ação acreditada pelo CCPFC – Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua, considerada para efeitos de progressão na carreira do docente.

Em declarações aos jornalistas, o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Couto, destacou o exemplo que o Município pode dar na temática da Educação: “Em particular para os professores, o “Fórum EDUCA” significa o interesse por uma formação contínua. Face às necessidades e aos problemas que vão surgindo no dia-a-dia, esta é uma iniciativa muito importante para o nosso Município, porque também deste modo afirmamos Santo Tirso no contexto regional, com um conjunto de protagonistas privilegiados, que podem depois transmitir, obviamente, aquilo que viram no nosso Município, quer sob o ponto de vista educativo, quer sob os pontos de vista cultural. Esta é, portanto, uma iniciativa que se insere nos nossos objetivos gerais, quer da Educação, quer da promoção do concelho”.

O “Fórum EDUCA” procura apresentar diferentes perspetivas e abordagens com vista à capacitação de professores, educadores e formadores para a melhoria da eficácia das suas práticas educativas. Uma oportunidade para o concelho, como considera a representante do Centro de Formação Sebastião da Gama, Graça Carneiro. “O Fórum EDUCA é uma oportunidade de refletir sobre a educação, no concelho de Santo Tirso. O Centro de formação Sebastião da Gama é constituído por todos os diretores das escolas públicas dos concelhos de Santo Tirso e de Valongo, e abraçou desde logo esta ideia com muito ânimo. Foi proposto à Câmara Municipal, que também abraçou a ideia com muito entusiasmo, e achamos que era uma boa oportunidade de refletir sobre as temáticas da educação aqui no concelho. Aquilo que nos motiva na nossa profissão é levar todos os alunos ao sucesso, daí que essa seja sempre uma temática recorrente nas nossas preocupações.”

A próxima edição do Fórum EDUCA será dinamizada no Agrupamento de Escolas de São Martinho em 2018, e terá como tema “Comunicação e Relações Interpessoais”.