Atualidade
Requalificação do adro da igreja de Palmeira: “agora só nos compete usar bem este espaço”

Uma obra importante que “ajudou a criar uma nova centralidade e a fomentar o encontro com as pessoas”. Foi assim que o pároco da Palmeira Nuno Vila Boas elogiou a requalificação promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso no adro da Igreja da Palmeira e Rua de Santa Eulália. “Foi por isso que quisemos estar aqui hoje e agradecer a colaboração. Agora compete-nos tratar deste espaço”, realçou, no final da cerimónia de inauguração da obra, com a presença do presidente da autarquia, Joaquim Couto.

Compromisso assumido e cumprido. Foram inauguradas no passado sábado, as obras de requalificação do Adro da Igreja de Palmeira e da Rua de Santa Eulália, uma das mais antigas reivindicações da população da freguesia. Resultado de um investimento da Câmara Municipal de Santo Tirso no valor de 250 mil euros, a intervenção incluiu a execução de um troço de via de circulação automóvel com áreas de estacionamento, bem como a pavimentação da zona envolvida.

“Este era um anseio antigo da população da freguesia, e desde o início de mandato que dar uma solução a esta reivindicação era para nós uma prioridade. Foi um processo moroso e complexo mas que, graças também ao diálogo com o presidente da junta de freguesia, permitirá agora criar uma centralidade, onde se localiza não só a igreja mas o centro paroquial e os escuteiros, ou seja, é uma obra que garantirá melhores condições de acesso a um dos locais mais importantes da freguesia”, explicou aos jornalistas o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Couto.

Eurico Tavares, presidente da União de Freguesias de Areias, Sequeirô, Lama e Palmeira, destacou a importância da colaboração da autarquia. “Era uma obra que para nós era prioritária, e que só foi possível graças à Câmara Municipal de Santo Tirso, que mostrou essa disponibilidade e percebeu realmente a necessidade desta obra. Todos ficamos a ganhar com esta requalificação”, elogiou.

Esta é mais uma das intervenções realizadas por este executivo nas freguesias do concelho, que envolveu ainda a realização da rede pública de drenagem de águas pluviais e a substituição das luminárias existentes por iluminação LED, uma medida em marcha por todo o concelho.

Para além desta intervenção, está ainda prevista a requalificação de um terreno propriedade da paróquia, ao abrigo de um protocolo que será estabelecido com a Câmara.