Atualidade
Empresas do concelho exportaram 540 milhões de euros só em 2016

Os dados mais recentes não deixam dúvidas: Santo Tirso é um município exportador. Em visita à TAC-Creative Manufacturing, indústria exportadora sediada na Zona Industrial de Várzea do Monte, o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Couto, destacou o bom trabalho das empresas do município realçando o aumento das exportações.

Assente numa política de proximidade com as empresas do concelho, o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Couto, visitou na passada quarta-feira, a TAC-Creative Manufacturing, empresa sediada na Zona Industrial de Várzea do Monte. Atualmente com 60 trabalhadores, esta indústria de vestuário de malha circular exterior exporta 98% do que produz, para mercados de todo o mundo.

“Santo Tirso é um município exportador, dos mais exportadores do país. Podemos regozijarmo-nos de, só no ano passado, as empresas sediadas no concelho terem exportado cerca de 540 milhões de euros. Desde 2013 as exportações das empresas do concelho cresceram mais de 7% dando um sinal muito positivo à economia. Estas empresas exportadoras empregam mão-de-obra, cada vez mais qualificada, e a TAC é um excelente exemplo desse bom trabalho”, elogiou o autarca.

Por ano, produzem-se nesta empresa cerca de 300 mil peças de materiais finos e delicados, que têm como destino mercados tão diversificados como os Estados Unidos, Japão, Bélgica, Holanda ou Suécia. Em 2016, a TAC criou 14 novos postos de trabalho, um número com condições de aumentar. “Estamos agora a virar-nos para um novo produto de desporto, destinado ao mercado dos Estados Unidos. Queremos alargar os nossos mercados e, para isso, será necessário comprar equipamento e, provavelmente, aumentar o pessoal”, explicou aos jornalistas Josef Pulzl, CEO da empresa.

 

 

 

 

 

Comentários