Atualidade
Alberto Costa visitou Nienor no âmbito do roteiro Invest Santo Tirso

Instalada em Santo Tirso desde 2012, a Nienor é especializada na produção de acessórios para alumínio. Com metade da produção destinada à exportação, América Latina, México e Estados Unidos da América destacam-se como os principais mercados da empresa.

De visita à Nienor, esta terça-feira, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, referiu que “a empresa é um excelente exemplo da diversificação que se tem verificado no tecido empresarial do Município, nomeadamente através da consolidação do setor da metalomecânica”.

O autarca elogiou ainda o “crescimento sustentado e a vocação exportadora da Nienor” que tem encontrado no mercado americano o principal destino dos seus produtos.

Cuba, em particular, tem sido destino de boa parte das exportações desta empresa, que fabrica, entre outros, caixas de correio, dobradiças, ventiladores e mosquiteiras. Neste país, a Nienor forneceu materiais para o emblemático Museu da Revolução, bem como para o Hotel Manzana Kempinski, o mais luxuoso de Havana.

“O nosso foco tem estado sempre no desenvolvimento de produtos diferenciadores e no relacionamento próximo com o cliente”, explicou Paulo Oliveira, CEO da Nienor. “Pensamos sempre a empresa a longo prazo, e isso traduz-se no crescimento contínuo e sustentável que temos apresentado”, concluiu o empresário.

Inserida no Roteiro Invest Santo Tirso, a visita contou também com a presença do presidente da União de Freguesias de Santo Tirso, Couto (Sta. Cristina e S. Miguel) e Burgães, Jorge Gomes.

Localizada na Zona Industrial de Várzea do Monte,a Nienor conta, atualmente, com 18 colaboradores e apresentou, em 2017, 3,5 milhões de euros de volume de negócios.