Atualidade
Alberto Costa assume pelouros da inovação e regeneração urbana

“Quero, e quer o executivo municipal, honrar o compromisso de mudar Santo Tirso e honrar o voto de confiança que nos foi dado pela população, a única que, em Democracia, tem a capacidade de nos julgar. Pelo voto”. Foi desta forma que o novo presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, concluiu a sua declaração política na primeira reunião do executivo camarário, após, como disse, ter assumido “de pleno direito” o cargo, fruto da vitória nas eleições autárquicas de 2017.

Na reunião extraordinária desta quinta-feira, Alberto Costa mostrou-se “confiante e determinado em contribuir para o desenvolvimento económico e social do Município e para a melhoria da qualidade da população”, deixando claro a vontade do atual executivo em dar continuidade ao projeto político sufragado pela população de Santo Tirso.

“As prioridades políticas estão definidas, em curso e, acima de tudo, a dar bons resultados”, sublinhou, acrescentando: “Não faria, portanto, sentido estar a mudar radicalmente, a meio do mandato, aquilo que tão bons resultados tem dado, em matéria de rigor nas contas, de atração de investimento, de requalificação dos espaços públicos e da rede viária municipal, de combate às alterações climáticas, de aposta na Educação e na Cultura ou de proximidade com as Juntas de Freguesia e com o tecido institucional do Município, entre outras”.

Mostrando-se “aberto ao diálogo” e “disponível para o combate político numa lógica construtiva”, Alberto Costa fez votos para que “também a oposição saiba estar à altura do momento e das responsabilidades políticas e que consiga colocar os interesses da população de Santo Tirso acima de quaisquer outros”.

PELOUROS DISTRIBUÍDOS

Na reunião do executivo municipal ficou, também, a ser conhecida a atribuição de pelouros. O presidente da Câmara, Alberto Costa, continua a liderar o Invest Santo Tirso, acumulando o pelouro da Inovação, Dinamização Económica e Internacionalização com a Governação Local e Cidadania (gabinete prioritário de atendimento aos presidentes de junta), a Regeneração Urbana e as Obras Municipais.

Ana Maria Ferreira assume a vice-presidência da Câmara de Santo Tirso, mantendo as pastas do Ambiente, Desporto e Contabilidade.

Já José Pedro Machado continua com o cargo de vereador adjunto, bem como com os pelouros da Coesão Social e Saúde; Proteção Civil, da Floresta e Bombeiros; da Proteção Animal e dos Serviços Urbanos.

Tiago Araújo é o vereador com os pelouros da Cultura, Turismo, Juventude e Relações Internacionais, enquanto Sílvia Tavares lidera as áreas da Educação e Formação e da Modernização Administrativa e dos Sistemas de Informação.

Novidade é a entrada de Nuno Linhares para o executivo camarário. A partir de agora, será o vereador com os pelouros da Mobilidade e Gestão da Via Pública, Polícia Municipal, Emprego e Formação Profissional, Contratação Pública e Recursos Humanos.

Nuno Linhares tem 44 anos, é natural de Santo Tirso e licenciado em Gestão Pública pelo Instituto Politécnico do Cávado e Ave – Escola Superior de Gestão.  Até ao momento, trabalhava numa agência bancária em Santo Tirso e, desde 2014, exerce o cargo de vice-presidente do Ginásio Clube de Santo Tirso, bem como vogal do conselho fiscal da empresa Águas do Norte (desde junho de 2018), e vogal do conselho fiscal dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso (desde 2015).

Comentários