Atualidade
Jornal de Santo Thyrso está em risco de fechar

Jornal de Santo Thyrso, um dos jornais mais antigos do país, está perto de fechar portas. De acordo com Victor Borges, director do semanário regional, o funcionamento do jornal está suspenso há duas semanas: não saiu o número de dia 24 e também não vai sair o desta sexta-feira, dia 31.

A interrupção de actividade acontece no mesmo mês em que celebrou os 137 anos de existência, no dia 11 de Maio. Na página de Facebook do jornal, um comentário na publicação que dava conta do aniversário anunciava a paragem de um jornal que “não resistiu ao peso da idade e sucumbiu”.

Victor Borges adiantou que está a ser feito um estudo para tentar perceber se há alguma forma “economicamente viável” de continuar, mas a situação “está complicada” e o Jornal de Santo Thyrsodeve mesmo fechar portas, deixando nove pessoas desempregadas.

Ao PÚBLICO, a Câmara de Municipal de Santo Tirso revelou não ter conhecimento da situação actual do Jornal de Santo Thyrso. Até 2013, a tipografia do jornal ficava encarregue da impressão do boletim municipal. De 2015 até ao ano passado, a autarquia chegou a apoiar o semanário com verbas para publicações de editais, anúncios e publicidade de eventos.

Jornal de Santo Thyrso foi fundado por José Bento Correia, com o primeiro número a sair a 11 de Maio de 1882. Ao longo dos anos de actividade ininterrupta, o semanário contou com textos de figuras como João de Deus ou Camilo Castelo Branco. Em 2017, no âmbito do Ano Português da Imprensa, a publicação esteve representada, juntamente com outros 24 jornais centenários, na condecoração da Associação Portuguesa de Imprensa como Membro Honorário da Ordem de Mérito.

Fonte Ana Fernandes www.publico.pt