À conversa com...
À conversa com…Marisol Sousa

Desta vez laçamos o desafio a Marisol Sousa uma das três atletas do Clube Desportivo das Aves que estão neste momento ao serviço da Seleção de futsal Sub-17 da Associação de Futebol do Porto.

Como recebeste a notícia da covocatória para os trabalhos de preparação da Seleção Distrital?

Recebi a notícia de uma forma inesperada, com uma chamada telefónica do meu treinador, Pedro Pedroso, e nem queria acreditar! Foi um sentimento de felicidade enorme, não só por sentir que o meu trabalho estava a ser recompensado, mas também por estar a elevar o nome do CD Aves. Acho que todas tivemos esse sentimento e esse cuidado, levando isto com muita seriedade e responsabilidade!

Como foram recebidas?

Éramos as três novatas na seleção do Porto, mas apesar de todas as nossas colegas serem nossas adversárias receberam-nos de braços abertos e tivemos uma integração fácil nesse aspeto! 
Foram muitos os treinos em que o nervosismo tomou conta de mim, mas depressa descontraí e acima de tudo dei sempre .

Quais são as tuas expectativas e motivações em releção à Seleção Distrital?

A melhor recompensa seria mesmo ficar, juntamente com a Catarina e com a Rita, no torneio interassociações e poder, de certa forma, ajudar a equipa da melhor maneira elevando o nome desta seleção para que seja a melhor a nível nacional, bem como representar o grandioso clube que é o Aves!