Atualidade
Camélias regressam à Fábrica de Santo Thyrso a partir de dia 15

EVENTO INCLUI EXPOSIÇÃO, MOSTRA DE TRABALHOS ARTÍSTICOS E ANIMAÇÃO

No fim de semana de 15 a 17 de fevereiro, Santo Tirso volta a festejar os Dias da Camélia, numa iniciativa organizada pela Câmara Municipal que promove a flor de inverno originária da Ásia e muito presente no concelho.

A já tradicional exposição de camélias é um dos pontos que, aliada ao concurso que irá escolher a “melhor” entre todas as camélias, assume grande destaque no fim de semana que dá destaque à flor originária da Ásia, na Fábrica de Santo Thyrso, e inclui várias atividades paralelas.

Para além da Ode à Camélia, do Bazar d’Inverno e da colocação de camélias nos altares de várias igrejas espelhadas pelo concelho, a partir das 14h00 de dia 15 já será possível apreciar uma mandala, construída na praça exterior da Fábrica de Santo Thyrso, com recurso a pétalas de camélia e outros vegetais. Do trabalho farão parte alguns inertes e uma grande porção de elementos reciclados.

Mandalar é, também o nome da oficina de pintura infantil marcada para as 15h00 de sábado, seguida por um espetáculo de narração para a infância, às 16h30. “Chovem camélias com salpicos de histórias”, conta histórias sobre bonsais, sobre o chá, sobre grous, gatos poderosos e florestas que se cruzam com a simbologia das camélias Um espetáculo que junta os contos à sonoridade oriental dos símbolos tibetanos e do koshi e que inclui uma chuva intensa de camélias em origami.

Para domingo ficarão as provas de pataniscas, pudim Condessa Aldara, vinho verde e licor de Singeverga, a partir das 15h00, e o bailado dos pauliteiros de Miranda, às 16h00. A entrada é livre.