Cultura
Fanfarra de Cabanas abrilhantou Procissão em honra de São Martinho

img_3320A procissão em honra de São Martinho cumpriu,uma vez mais, a tradição nas festividades. Neste domingo, 13 de novembro, milhares de pessoas estavam espalhadas pelo centro da Povoação de São Martinho do Campo em Vila Nova do Campo para verem os andores.

A freguesia de Monte Córdova também esteve representada neste ato litúrgico com a presença da Fanfarra da Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Cabanas, que mais uma vez levouo nome da freguesia fora de portas, acompanhando a procissão e dando outro brilho à celebração.

O presidente da Junta de Freguesia local Marco Cunha, bem como deputada campense Andreia Neto foram presenças notadas no certame

História de São Martinho

Venerado a 11 de Novembro, São Martinho de Tours nasceu na Panónia, Hungria, provavelmente em 316.

Foi educado em Pavia. A principio soldado, fez-se depois baptizar e começou uma carreira eclesiástica ao lado do Bispo de Poitiers, Santo Hilário.

Deslocou-se à Panónia, converteu seus e combateu o arianismo.

Regressou para junto de Santo Hilário e fundou o Convento deLingugé. Mais tarde, foi eleito Bispo de Tours, sucedendo a São Graciano e a São Lidoire, em 371.

A sua acção episcopal foi enorme, fundando numerosas paróquias e obtendo conversões em massa. Levando vida monástica, residia modestamente fora da cidade, num lugar recatado, que mais tarde deu origem a um grande mosteiro.

Grande taumaturgo, morreu a 8 de Novembro de 397. Iconograficamente, tanto nos surge como legionário romano, a pé ou num cavalo branco, ou como bispo com mitra e báculo.

Aparece numerosas vezes no episódio em que terá partilhado a sua capa com um mendigo cheio de frio, e que lhe terá aparecido Cristo, ou então com gansos como atributo – alusão ao facto de os gansos migrarem por altura de sua festa, em Novembro.