FREGUESIA DE MONTE CÓRDOVA
Capela do Senhor do Padrão

Arquitetura religiosa, seiscentista. Capela de planta retangular de espaço único, alpendrada, com cobertura interior em masseira e escassamente iluminada por frestas rasgadas nas fachadas laterais. Fachada principal rematada em empena truncada por cruz, com os vãos rasgados em três eixos compostos por portal de verga reta e óculo circular e por postigos retilíneos. Alpendre aberto por três arcos de volta perfeita, tendo, no interior, púlpito de cantaria com guarda plena. Fachadas com cunhais apilastrados, firmados por pináculos, rematadas em frisos e cornijas, rasgada por porta travessa na fachada lateral esquerda. Interior com coro-alto, púlpito no lado da Epístola e retábulo de talha pintada e dourada, de planta côncava e um eixo, barroca joanina

Descrição

Planta retangular de uma só nave antecedida por alpendre, e com sacristia adossada ao lado direito, de volumes articulados e escalonados, tendo coberturas diferenciadas em telhados de duas águas, rematadas em beiradas simples. Fachadas em alvenaria, rebocada e pintada de branco, percorrida por faixas pintadas de cinzento, flanqueadas por cunhais apilastrados, firmados por pináculos piramidais com bola, e rematadas em duplos frisos e cornijas. As empenas possuem revestimento a cantaria, onde se erguem, nos vértices, cruzes latinas sobre plintos volutados e paralelepipédicos, simples ou emoldurados. Os vãos são retilíneos com moldura simples em cantaria. Fachada principal virada a NE., rematada em empena truncada por cruz, rasgada por portal de verga reta, encimado por frontão triangular com o tímpano pintado de branco, e por óculo circular; está ladeado por dois postigos e por púlpito quadrangular, com guardas plenas em cantaria, assente em plinto paralelepipédico e com escadas de acesso, também em cantaria. Está antecedida por alpendre aberto por três arcos de volta perfeita, assentes em pilastras toscanas, com teto de masseira, rebocado e pintado de branco, e pavimento em lajeado. A fachada lateral esquerda é rasgada por porta travessa e fresta junto à zona do altar-mor; no lado direito, sineira de volta perfeita, assente em pilastras almofadadas, sendo o arco também almofadado, rematado por cruz latina sobre plinto volutado. Fachada lateral direita marcada pelo anexo, em empena e com fresta em capialço, tendo, na face NE., porta de verga reta e pequena pia de água benta, em cantaria. Fachada posterior em empena cega, tendo o corpo anexo, em empena reta e cego. INTERIOR com as paredes rebocadas e pintadas, percorrida por faixa pintada de cinzento, tendo cobertura de madeira em masseira, com caixotões pintados, reforçado por tirantes de madeira, ornados por acantos pintados, e pavimento em lajeado de granito, Coro-alto de madeira, assente em quatro mísulas de cantaria, com guarda de madeira em balaústres e decorada por acantos pintados; tem acesso por escadas no lado do Evangelho, em cantaria e madeira, estas com o pano pintado por motivos florais. O portal axial e porta travessa possuem pias de água benta em cantaria de granito, em quarto de esfera. No lado da Epístola, mísula em cantaria. Sobre supedâneo de um degrau em lajeado, a mesa de altar, de talha pintada de branco, vermelho e dourada, paralelepipédica, com frontal tripartido, ornado por cartelas e folhagem e sanefa marcada. Na parede testeira, o retábulo-mor, de talha pintada de branco, vermelho, rosa e dourada, de planta côncava e um eixo definido por duas colunas torsas, com o terço inferior marcado, assentes em anjos atlantes. Ao centro, tribuna de perfil trilobulado, de boca rendilhada e drapeados a abrir em boca de cena, tendo o interior com Calvário pintado; está ladeada por apainelados côncavos, os interiores com cartelas e decoração de acantos e laçarias, e os intermédios com cartelas e mísulas, encimadas por baldaquinos de onde pendem drapeados, a abrir em boca de cena. A estrutura remata em arquivolta recortada, ornada por querubins e cartelas, ladeado por painéis com anjos de vulto, enrolamentos e acantos, sobrepujada por sanefa de lambrequins e drapeados. Sob a zona lateral, as portas de acesso à tribuna. Altar paralelepipédico, encimado por sacrário ornado por acantos e ladeado por anjos e drapeados a abrir em boca de cena. No lado da Epístola, vestígios da antiga fresta e uma fresta jacente; no mesmo lado, porta de verga reta, de acesso à sacristia, com paredes rebocadas e pintadas de branco, teto de madeira em caixotões e pavimento em lajeado. Possui armário com gavetões, de madeira pintada.