Cultura
António Oliveira apresenta novo livro no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves

capa-do-livro“À procura de uma casa para o menino Jesus” é o novo livro do escritor António Oliveira. A obra é apresentada ao público no dia 11 de novembro, pelas 21h00, no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves, e conta com ilustrações de Alberto Péssimo.

No próximo dia 11 de novembro, pelas 21h00, António Oliveira apresenta, no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves, o seu mais recente livro, “À procura de uma casa para o menino Jesus”. A obra conta com ilustrações de Alberto Péssimo, que podem ser vistas, paralelamente, em exposição no mesmo espaço cultural.

António Oliveira nasceu no lugar de Gens, em Gondomar, onde vive. Passou a sua adolescência em Paris e frequentou a Sorbonne. Regressou a Portugal em 1973 e licenciou-se em filologia romântica, pela Universidade do Porto. Em 2006, é doutorado em Ciências da Literatura, pela Universidade do Minho.

Fez várias comunicações sobre Marcel Proust, Eugénio de Andrade, Garcia Lorca, Miguel Torga e sobre poesia em geral, em universidades portuguesas e estrangeiras. Foi professor em várias instituições do Ensino Secundário e do Ensino Superior. Escreveu artigos sobre poesia, poetas e alguns artistas plásticos. Publicou dois ensaios sobre Eugénio de Andrade e três livros de poemas, assim como um livro de contos com a participação de vários artistas plásticos.

Em colaboração com José Rodrigues publicou o livro “A voz e as mãos, 25 temas bíblico-míticos”, em janeiro de 2014. Foi ainda comissário de várias exposições sobre Eugénio de Andrade. É autor de vários livros de contos: “Eugénio de Andrade, uma vida por um só verso”, com aguarelas de Artur Moreira; “Matilde e as bonecas”, com ilustração de Evelina Oliveira; “Histórias de Gondomar”, com ilustração de Avelino Leite; “S. Vicente de Paulo, uma luz na caridade”, com a colaboração do pintor Alberto Péssimo; e publicou, ainda, um livro de poemas intitulado “Uma camélia entre os olhos e os lábios”, com a participação de Evelina Oliveira.

A entrada é gratuita.