Sociedade
Câmara atribui voto de louvor a Firmino Neto

firmino-netoA Câmara Municipal de Santo Tirso atribuiu esta quinta-feira, em reunião de Câmara, um voto de louvor e congratulação a Firmino da Cunha Neto. Depois de quase meio século ao serviço da população do concelho, o 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso termina, por limite de idade, a comissão de serviço que integra.

Firmino da Cunha Neto terminou, no passado dia 22 de outubro, por limite de idade, a comissão de serviço como 2.º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso. Como forma de homenagem aos seus quase 50 anos de serviço em prol da proteção e socorro da população do concelho, a Câmara Municipal deixou na passada quinta-feira, no período antes da ordem do dia da reunião camarária, um voto de louvor e congratulação em sua honra.

“Firmino Neto deixa uma marca de dedicação, empenho e espírito de missão no nosso Município, pelo trabalho desenvolvido em prol da população de Santo Tirso. É uma homenagem justa, que se completará com a atribuição de uma medalha de grau equivalente a mérito municipal, cuja elaboração está em curso”, elogiou o presidente da Câmara, Joaquim Couto.

O trabalho de Firmino Neto ao serviço dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso tem expressão num conjunto de louvores que recebeu desde que, em 1967, foi admitido como aspirante naquela corporação. Em 1978, recebeu a medalha da Liga dos Bombeiros Portugueses-Grau Prata 3 Estrelas, por ter salvo duas vidas com risco da própria vida. Em 1995, a Câmara Municipal atribui-lhe uma medalha pelos 25 anos de serviço efetivo.

Já em 2000, a Liga dos Bombeiros Portugueses entregou-lhe a medalha de Grau Ouro Assiduidade 30 Anos e, em 2008, a Câmara Municipal atribui-lhe a medalha de Serviços Distintos, pelos bons e relevantes serviços prestados à comunidade do concelho de Santo Tirso.

Firmino da Cunha Neto exercia, desde 2001, o cargo de 2.º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso.

Comentários